FIBROSE CÍSTICA - UMA LUZ NO FIM DO TÚNEL - ok

FIBROSE CÍSTICA - UMA LUZ NO FIM DO TÚNEL

Para a Dra. Susana,

Embora a Fibrose Cística tenha sido muito estudada em torno das suas causas e consequências, não existem ainda protocolos seguros de tratamento.

Parece que a diversidade de situações em que ela ocorre, como ocorre e que órgãos são atingidos, dificulta uma padronização.


Porém, recebi da Dra. Susane a incumbência de tentar propor alguma forma padrão de tratamento e nesse artigo farei exatamente isso.


ESCLAREÇO QUE NÃO SOU MÉDICO E ESSE TEXTO É SOMENTE UMA PESQUISA.  CONSULTE SEU MÉDICO!
ATENÇÃO: Este é um blog com notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Fibrose Pulmonar Causada por Herbicidas:
clique aqui - relacoes-entre-herbicidas-e-doencas.html

Fibrose Cística
A doença é determinada por mutações no gene CFTR,  cuja proteína é um canal de transporte de íons cloreto através das membranas das células epiteliais

Ocorre o bloqueio da saída do cloreto através da membrana das células epiteliais glandulares, com acúmulo intracelular, junto com influxo de sódio e água. Em consequência, a desidratação da superfície celular com formação de secreções viscosas: muco. 







1-Mutação genética
2-Defeito na proteína CFTR
3-Transporte anormal de água e eletrólitos
com desidratação  das  secreções mucosas 
4-Produção de secreção de muco espesso e viscoso
5-Colonização e infecção crônicas das vias aéreas
6-Acúmulo de DNA derivado de neutrófilos e de secreções (ricas em elastase)
7-Obstrução dos ductos e mais reação inflamatória e infecção

 8-Doença pulmonar obstrutiva crônica progressiva (posterior processo de Fibrose)



A fibrose cística afeta quase todas as glândulas exócrinas 

(glândulas que secretam fluídos em um duto - veja aqui).  


    glândulas dos intestinos e do pâncreas as secreções são grossas ou sólidas e podem bloquear completamente.
    glândulas produtoras de muco dos pulmões produzem secreções anormais que entopem as vias aéreas e permitem a multiplicação de bactérias.
    glândulas de suor, parótidas, e as glândulas salivares produzem secreções que contêm mais sal do que o normal.


O íleo meconial, uma forma de obstrução intestinal em recém-nascidos, acontece em 17% das crianças com fibrose cística. 


O mecônio, a substância verde escura que forma as primeiras fezes do recém-nascido, é grosso e passa mais lentamente que o normal.

Se o mecônio for muito grosso, ele obstrui o intestino. A obstrução pode levar à perfuração da parede intestinal ou à torção do intestino. O mecônio também pode formar "rolhas" no intestino ou ânus, causando um bloqueio temporário.
====================================
 De primeiro, quero deixar claro que o vetor genético não é uma condenação, só é determinante para melhor classificar e identificar o problema, nada mais que isso.

Considerado que a fibrose decorre da formação e deposição de muco em diferentes tecidos, recomenda-se evitar alimentos causadores :


- Leite, queijo, manteiga, yogurtes
- Farinhas em geral (Trigo, maizena, etc.)
- Macarrão e Miojo
- Gorduras em geral

nedmed.info/article/6-alimentos-que-produzem-muco-e-catarro

Laticínios são os campeões do muco, dos carbos e de açúcares.  Porém contribuem, graças ao GH, enormemente p/ o crescimento.  Arrisco dizer, que criança que não toma leite de vaca não cresce.  Daí que o uso esporádico deve ser considerado em crianças com dificuldade de crescimento.

Feito isto, compreender que diferentes alimentos precisam de diferentes enzimas para sua decomposição digestão:


LEITE >>> mel e enzima lactase
FARINHAS>>> enzima pitialina (da saliva), papaína (mamão)

AMIDOS>>> enzima amilase (pancreas), papaína (mamão)
GORDURAS >>> enzima lipase (pâncreas)
CARNES>>> enzima bromelina (abacaxi)


Usar "food enzimes" da Nature Sunshine. 
Fornece mistura de enzimas para digerir proteínas, carboidratos e gorduras.
Ou outro produto de enzimas digestivas de casas de produtos naturais.
www.amazon.com/Natures-Sunshine-Supports-Digestive-Capsules

Folha de louro tem forte cheiro que estimula a produção de saliva e outras enzimas digestivas. Estas enzimas ajudam na quebra de partículas de alimentos, promovendo assim a digestão saudável.
http://www.saudedica.com.br/folha-de-louro/

Considerar ainda, que a mastigação (e ensalivação) deve ser estimulada, assim como descansar o talher enquanto se mastiga.  Não ver TV nas refeições. 

Evitar muito sal, ou beber muito líquido, ás refeições, pois ambos atrapalham os ácidos da digestão.  Sal que é base corta ácidos digestivos, excesso de líquidos diluem os ácidos digestivos.

Pode-se terminar a refeição com uma sopa salgada, com ou sem missô natural, para compensar a pouca ingesta de sal. Utilizar sal marinho integral ou Gersal (Gomazio) puro após refeição. Também ameixa umeboshi salgada, após e entre refeições.

Feito o processo preventivo da formação de muco e sua internalização, cabe trabalhar na sua fluidificação e expectoração.


Mucolíticos

Acetilcisteína - É ativa na mucólise, na presença de DNA e debris na secreção pulmonar. Não tem eficácia clínica comprovada e pode, com frequência, acarretar broncoespasmo.
  


O uso do Mel e nebulizações são indicados.
Hidromel (Mel+Água) Dissolver mel em água e tomar este líquido vai trazer um alívio, visto que o mel tem um efeito calmante sobre a dor de garganta e também impede a produção de fleuma (muco).

Evitar nebulizações ou uso de "sorine"
próximo ao período das refeições! 
Se por um lado as "soluções salinas" derretem mucos dos brônquios, sinus e nasais, podem atrapalhar na digestão, inibindo os ácidos digestivos.



Considerado os aspectos da fibrose que envolvem:
1 - reparação/cicatrização dos tecidos
2 - combate de bactérias, fungos, vírus...
3 - combate da inflamação



Usar própolis, que atende à todas essas necessidades.  
Própolis é: 
a-regeneradora dos tecidos, b-antibiótica e c-anti-inflamatória.
Adicionar ao mel - com cautela !

ATENÇÃO - PERIGO: Em teoria o própolis pode ser uma boa solução, mas esse produto tem consistência viscosa, pegajosa que é justamente o que queremos evitar.   O uso diluído numa mistura com água e mel minimiza o problema.  Mesmo assim, PODE SER AGRAVAR A VISCOSIDADE!
E só deverá ser experimentado em doses muito mínimas!  Fundamental consultar seu médico antes de arriscar o seu uso.

Optando de preferência, para uso inicial, a própolis verde, que tem maior poder antibiótico.

Convém depois variar entre: marrom, vermelha e verde.
========================================
IMPORTANTE:  Própolis pode matar, se alguém for alérgico a substância - tenha cautela.
Nenhuma criança pequena, bebê ou recém-nascida deveria tentar esse protocolo.  

NINGUÉM - ADULTO OU CRIANÇA DEVE TENTAR SEM ANTES CONSULTAR SEU MÉDICO!
========================================
 

Esse protocolo trata dos: 

1- ácidos digestivos,
2- enzimas digestivas
3- mucolíticos
4- nebulizações

Produtos e práticas que em tese impediriam a viscosidade do muco causador da obstrução dos ductos e da  fibrose.


É um protocolo inicial de enfrentamento dos prejuízos causados pela síndrome. 

(Corrigir os efeitos causados pelo defeito no gene)





Falhas de Transporte
Com relação a genética: Abertura do canal, ou seja, funcionamento correto da proteína CFTR
veja aqui : 
http://estudeinosaojose.blogspot.com.br/2016/09/relacoes-entre-herbicidas-e-doencas.html



O tratamento poderá ser complementado, em momento adiante e incluindo:
- Vitaminas: C, E, D3 e K2 (veja aqui)
- Magnésio.

Principalmente D3 e K2 em produto que não contenha cálcio.

Obs: A fibrose cística é uma doença genética que pode levar à disfunção de múltiplos órgãos. Má absorção de gordura e vitaminas solúveis em gordura (A, D, E, K1, K2) pode ocorrer e pode causar anomalias subclínicas de algumas destas vitaminas. 

As vitamina K1 e k2 são conhecidas por desempenhar um papel importante tanto na coagulação do sangue e formação óssea.

A suplementação com vitamina K1 E K2 parece ser uma forma de abordar a deficiência!

Verifique a dose e frequência de utilização deste suplemento. http://www.epistemonikos.org/pt/documents/684d661f48b8de5533cf8d911775ead1f3555439

Qualquer pessoa para assimilar vitaminas, principalmente as lipo-solúveis, necessita de ingestão concomitante de gorduras. Como as pessoas com fibrose cística não absorvem bem as gorduras, necessitam consumir bem mais, quase o dobro das vitaminas e também das gorduras.  Tentar uma oferta total de 20-50% de calorias além das necessidades para a faixa etária.

(...)tinham risco de sofrer de doença pulmonar obstrutiva crônica, o curioso é que todas essas pessoas apresentaram níveis de vitamina C muito baixos. 

(conheca-beneficios-vitamina-c)

Outro suplemento essencial:  Indol-3-Carbinol, ou ingerir Crucíferas: brócolis, nabo, couve, couve-flor, couve de Bruxelas, brócolis, repolho, etc…   Antioxidante potente.
==========================================

Feitas todas essa considerações, 
cabe por fim fazer o enfoque 
dessa patogenia 
dentro da milenar MTC - 
Medicina Tradicional Chinesa
(Leia Aqui - IMPORTANTE)

Constatado que um dos principais sintomas clínicos é a alteração das propriedades do Muco (desidratação) tornando-o espesso e viscoso, com obstrução de dutos nos mais variados órgãos, constatamos uma síndrome específica: formação de fleuma-calor.

Ou seja, fluidos corporais secam, ou quase secam e tornam-se espessos, viscosos, circulando com dificuldade e acumulando-se em áreas inapropriadas.  Obstrução do Qi!

Identificada a Síndrome (conjunto de sintomas) cabe selecionar um caminho que poderá ser variado: banhos de mar, sono, acupuntura, do-in, shiatsu e fitoterapia chinesa...



 Trichosanthes kirilowii é uma planta com flor da família das cucurbitáceas encontrada especialmente em Henan , Shandong , Hebei , Shanxi e Shaanxi . É uma das 50 ervas fundamentais utilizados na medicina tradicional chinesa , onde compartilha o nome guālóu ( chinês : ¥ ) com a relacionada T. rosthornii . É conhecido como pepino chinês em Inglês. E cabaça de cobra chinês [nota 1]

 O tubérculo dessa planta é conhecida em mandarim como Hua Tian FEN ( chinês : 天花粉). Na medicina tradicional chinesa é dito para drenar calor e gerar fluidos, claras e drenar calor pulmão, transformar catarro, e umedecer a secura do pulmão, e resolver toxicidade e expelir pus. [3] O fruto da planta, também conhecido em mandarim como guālóu ( chinês : 瓜蔞), é dito para limpar calor e transformar catarro calor, desvincular o peito, reduz abscessos e dissipar nódulos. [4] Ambas as formas devem ser considerados seguros para uso apenas com orientação profissional por alguém treinado em seu uso , embora isto possa ser desnecessário uma extrapolação a partir da toxicidade do purificada tricosantina . Esta planta pode ser utilizada para dissolver, possivelmente, o revestimento da proteína no ARN do vírus da SIDA. [5]

No Brasil existe um fitoterápico que acredita-se com efeitos semelhantes: Melão de São Caetano! (leia aqui)

Atenção - Apesar de ser uma opção válida para prevenir os desequilíbrios, não podemos nos esquecer de que o melão amargo tem diversos efeitos colaterais, por isso é importante ingeri-lo sob a supervisão de um médico.

Luiz Carlos Tollstadius

ESCLAREÇO QUE NÃO SOU MÉDICO E ESSE TEXTO É SOMENTE UMA PESQUISA.  CONSULTE SEU MÉDICO!

ATENÇÃO: Este é um blog com notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

=======================================================



Um comentário:

Luiz Carlos Tollstadius disse...

Fabio Santana Vieira:
"Com tantas pesquisas para descobrir mecanismos para a correção do defeito genético, fazer com que o transporte iônico seja normalizado a décadas e ainda hj só temos 2 remédios desenvolvidos......me preocupa saber que pessoas q não estudam a doença e não tem noção da gravidade da patologia terem acesso a materiais como esse, que na minha opinião, só contribuem para que a doença não seja tratada da forma correta. Caros amigos, a Fibrose Cística tem protocolo de tratamento sim, em linhas gerais são iguais, seguem o padrão Europeu devido a doença ser proveniente do povo caucasiano. A nutrição é realizada totalmente diferente da apresentada no marerial. As bactérias são tratadas com base em antibiograma, ou seja: De forma específica e que não apresente resistência. A fisioterapia é recomendada de firma diária e continua. Peso e função pulmonar são acompanhos muito de perto. Enfim, por mais que vejamos ser nos apresentados soluções milagrosas de tratamento, vale sempre levar ao conhecimento da EQUIPE MULTIDISCIPLINAR que trata o fibrocistico, essas idéias alternativas. Grande abraço em todos."

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google Analitics