Explicação DNA

BB Derruba os Juros, Caixa Economica Também!


BB e CAIXA Botam para Quebrar:
Dessa vez os juros caem mesmo!
money in hand2 O Cristão e seu Dinheiro
Apesar dos inúmeros avisos de que o governo faria de tudo para forçar uma  queda dos juros bancários, entrava ano, saia ano e nada acontecia.  Talvez nada seja exagero, já houveram muitas quedinhas nos juros.  E de quedinha em quedinha os juros estavam realmente diminuindo e se mantendo em padrões razoáveis em termos de juros bancários brasileiros.
Mas se comparados com a prática de juros internacionais os juros teriam muito espaço para cair e se tornarem civilizados.  Então o tão anunciado exemplo dos Bancos Federais, para queda dos juros, algumas vezes ensaiado, dessa vez vem para valer.  O BB e a CEF, num plano pra lá de ousado, iniciam uma queda abrupta nas taxas de juros de deixar qualquer um de queixo caído.

É bem verdade que essa queda brusca não será para todas as linhas de crédito e nem pra todos os públicos, para alguns mais e para outros menos.  Num primeiro momento, se beneficiarão - principalmente - os adquirentes de veículos e bens duráveis (tipo eletronicos e afins) e em especial os que recebem benefício do INSS ( empréstimos consignados ).

Junto com as novas e menores taxas de juros, novos planos de tarifa inteligentes, que também serão favoráveis para muitos clientes.  Esses novos planos de tarifa (cestas de serviços ou pacotes de serviços)  não serão apenas mais economicos, serão também acompanhados de serviços e medidas pré-aprovadas, pré-contratadas, pré-pactuadas.

O que vem a ser esses novos "smart-services" que estão incluídos nesses novos planos?  Bom, são decisões  que o estabelecimento bancário julga convenientes para sua saúde e controle financeiro.  O banco por exemplo emite avisos quando voce está gastando demais no seu cartão de crédito, ou quando está quase esgotando seu cheque especial.   Esses avisos não  impedem o uso, mas alertam  voce sobre o perigo de voce usar demais.  Isso evita (ou pelo menos ajuda a evitar) que voce ultrapasse seu limite de cheque especial e pague uma pesada multa, ou que exagere nas compras com o cartão de crédito.

Existe também, caso voce comece a usar exageradamente o seu cartão de crédito, a transferência automática dessa dívida do cartão para emprestimos CDCs com juros bem menores.  Em resumo, as novas taxas de juros e as novas modalidades de planos de serviços, automatizam processos em que voce se endivida menos.  Com  a saúde financeira tutelada pelos bancos tanto na questão dos Spreads (menores taxas) quanto nos serviços inteligentes (smart-services) cresce o crédito distribuído, o consumo e a produção e sem inadimplência.

Pelo menos na teoria, parece formidável, e se as práticas forem imitadas pelos bancos particulares teremos uma REVOLUÇÃO BANCÁRIA.  Vamos esperar para ver, começa 12 de Abril de 2012 - amanhã.

Texto: L.C.T.
Tags: Bancos Públicos, Crédito, Financiamento, Veiculos, CDC, Emprestimos Consignados, INSS, Banco do Brasil, CEF, Caixa Economica Federal.

proceder da fé - galhos secos


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google Analitics